“O que é um percentil?”

Apenas 56 por cento dos pais sabe o que representam exactamente os percentis. É essa a conclusão de um inquérito online realizado nos EUA junto de uma amostra representativa composta por mil pais e mães. De uma lista de opções que apontavam possíveis definições de percentil, apenas 56 por cento respondeu correctamente. Apenas um terço dos pais consegue identificar a idade, peso e percentil num gráfico.

O estudo foi realizado por uma equipa de investigadores do Nemours Center for Children’s Health Media e publicado no número de Outubro do jornal Pediatrics.

As tabelas são muito úteis para os médicos, que passaram a partilhá-las com os pais. Mas se é verdade que essa partilha pode ter as suas vantagens, quando bem interpretadas e entendidas, também é verdade que podem ser prejudiciais, quando os pais tiram conclusões erradas. O que acontece em grande parte dos casos.

Cerca de metade dos pais considera que uma criança com um percentil 10 para o peso, com um percentil de 10 também para a altura, está abaixo do peso que devia ter. Se a altura e o peso da criança é proporcional, provavelmente não há problema nenhum com o peso da criança, a não ser que tivesse havido uma descida brusca ou uma evolução desequilibrada.

Mas se os pais da criança consideram que está abaixo do peso, provavelmente vão querer que coma mais do que as reais necessidades da criança. Muitos pais consideram motivo de preocupação que uma criança esteja no percentil 25, ano após ano. 16 por cento dizem que encorajariam a criança a comer mais. 18 por cento dizem que não sabem o que essa informação significa.

Trocado por miúdos
Nas tabelas de crescimento relativas à altura e peso, o percentil refere-se à posição que a criança ocupa em relação às crianças da mesma idade. Ou seja, uma criança no percentil 75 da altura, é mais alta do que 75 por cento das crianças da sua idade. Se estiver no percentil 25 quer dizer que é apenas mais alta do que 25 por cento. Assim, 75 por cento das crianças da sua idade são mais altas.

O percentil indica se uma criança é alta ou baixa para a idade, tendo em conta uma média. Mas diz mais do que isso. Se cruzarmos o percentil de peso com o percentil da altura, sabemos se existe um equilíbrio no crescimento da criança, ou se, pelo contrário o seu peso está acima ou abaixo daquilo que seria esperado para a sua altura. Uma criança com percentil 10 para a altura e percentil 90 para o peso é seguramente uma criança obesa. Mas a maior parte dos pais envolvidos no estudo não conseguiu fazer essa leitura num gráfico.

Mais importante do que isso, os percentis ajudam os pediatras a avaliar a evolução da criança. Se existir uma alteração brusca, subida ou descida, nos percentis, pode ser sinal de algum problema de saúde. É preciso fazer exames que confirmem ou desmintam a suspeita.

Texto: Ana Esteves
Revista IOL Mãe
2009/10/01

2 Responses to ““O que é um percentil?””

  1. Existe a possibilidade de um bebe com percentil 18 nascer de parto normal? Isto não interfere?

  2. Olá Cristiane! :)

    Não sou a pessoa mais indicada para responder à sua pergunta, até porque enquanto estive grávida nunca soube em que percentil estava o meu bebé.

    Acho importante a Cristiane informar-se com algum profissional de saúde que entenda de parto natural. :) Só ele lhe poderá explicar.

Leave a Reply